ENFERMAGE, CIÊNCIAS E SAÚDE

Gerson de Souza Santos - Bacharel em Enfermagem, Especialista em Saúde da Família, Mestrado em Enfermagem , Doutor em Ciências da Saúde - Escola Paulista de Enfermagem - Universidade Federal de São Paulo.

http://pt.slideshare.net/gersonsouza2016

PESQUISE AQUI

quarta-feira, 2 de fevereiro de 2011

DIAGNÓSTICO DE ENFERMAGEM - MANUTENÇÃO INEFICAZ DA SAÚDE


Domínio 1 - Promoção da saúde Classe 2 - Controle da saúde

Dedinição: Incapacidade de identificar, controlar e/ou buscar ajuda para manter a saúde.

Características definidoras:

- Falata de interesse expressa em melhor comportamento de saúde.
- Falta demonstrada de comportamentos adaptativos a mudanças ambientais;
- Falta demonstrada de conhecimentos com relação a práticas básicas de saúde;
- História de ausência de comportamento de busca de saúde;
- Incapacidade de assumir a responsabilidade de atender a práticas básicas de saúde;
- Prejuízo dos sistemas de apoio pessoais.

Fatores relacionados:

- Enfretamneto familiar ineficaz;
- Enfrentamento individual ineficaz;
- Falta de motricidade fina;
- Falta de motricidade grossa;
- Habilidades de comunicação deficientes;
- Habilidades motoras finas diminuídas;
- Habilidades motoras grossas diminuídas;
- Incapacidade de realizar julgamentos adequados;
- Insuficiência de recursos (p. ex: equipamento, dinheiros);
- Pesar complicado;
- Prejuízo perceptiva;
- sofrimento espiritual;
- Tarefas do desenvolvimento não concluídas.

Fonte: Diagnósticos de enfermagem da NANDA: definições e Classificação 2009/2011 - NANDA Internacional. Porto Alegre. Artmed, 2010. 456p.